Preparar a casa para receber um cão – Perigos a evitar

Home / Cães / Preparar a casa para receber um cão – Perigos a evitar

Se está prestes a receber um cão em casa, saiba que há perigos que tem que evitar.  É muito importante ter a certeza de que a casa é segura e está preparada para receber o seu novo amigo. Estes são alguns cuidados que deve ter.

Há muitas coisas que temos em casa e que nos parecem perfeitamente inofensivas, mas que podem ser verdadeiramente perigosas para um cão!

Alguns exemplos:

  • Plantas: Azevinho, Açucena, Carvalho, várias espécies de Cogumelos, Glícinia, Hera, Jacinto, Jasmim amarelo, Junco, Lantana camara, Lírios, Loureiro, Macieira (as sementes), Narciso, Oleandro, Palmeira-de-sagu, Ponsétias, Rodendro, Sabugueiro, Sorgo e Visco, contam-se entre as muitas plantas que, tanto no seu estado selvagem como doméstico podem ser tóxicas para os cães.

Em particular, se o cão tiver acesso a um jardim, convém conferir se as plantas a que tem acesso não lhe farão mal; se forem plantas de interior, pode sempre experimentar colocá-las numa prateleira mais alta, onde ele não chegue.

  • Detergentes e desinfetantes, pesticidas, insecticidas, rodenticidas, perfumes ou tintas e combustíveis, devem estar bem fechados e acondicionados para que não haja ingestão acidental ou outro tipo de exposição.
  • Há também alguns medicamentos que usamos com frequência no nosso dia-a-dia e que podem ser muito perigosos para um cão (por exemplo, anti-inflamatórios como o ibuprofeno, o diclofenac, a aspirina, medicamentos para as alergias e até suplementos vitamínicos, entre outros).

E mesmo os medicamentos dele devem estar bem fechados, pois como muitas vezes são aromatizados para serem mais apetecíveis para os cães, eles podem ingeri-los em excesso se deixados à vista.

  • Fios eléctricos, coisas que se partam e possam ser cortantes, caixotes do lixo, malas e sapatos ou peças de mobiliário valiosas – convém que não fiquem acessíveis, pois podem roer e comer tudo o que encontram (especialmente na fase de mudança dos dentes)
  • Há muitos alimentos nossos que são muito tóxicos para cães: chocolate, café, chá, passas de uva (e uvas), nozes de macadâmia, abacate, alho, cebola, batata, álcool, massa de pão (não cozinhada), pastilhas e doces com xilitol, frutas com caroço (não tanto por serem tóxicas, mas porque o caroço pode provocar obstruções intestinais), comidas com muita gordura – são tudo exemplos de alimentos que podem fazer muito mal ao cão!
  • Janelas e portas abertas: muita atenção, pois a maior parte das vezes eles não se apercebem do risco que correm e podem fugir ou cair e magoar-se!

Brevemente falaremos de tudo o que deve ter em casa para acolher o seu novo amigo de quatro patas com todas as condições!

joana_pereira-278x300

Joana Pereira, DVM

app_ios

app_google
 

Comments(0)

Leave a Comment