Gato vs. Árvore de Natal

Home / Comportamento animal / Gato vs. Árvore de Natal

Todos os anos, por esta altura, muitos donos de gatos acabam por se deparar com o mesmo dilema: montamos a árvore de natal, apenas para arriscar vê-la cair, danificar-se ou pior?
É um facto conhecido de todos os tutores: os nossos gatos adoram árvores de natal! Vamos estudar os possíveis perigos e oferecer algumas soluções para tornar mais fácil o convívio do pinheiro com o felino lá de casa.

# PERIGO.1 – A Curiosidade Matou o Gato

Os nossos felinos são curiosos e garantidamente vão querer bisbilhotar. Há fitas, bolas e bonecos pendurados, fios com luzinhas a piscar, caixas e papel de embrulho. Se pensarmos bem, acabámos de descrever tudo aquilo com que os gatos A-DO-RAM brincar. E nós queremos que eles resistam só porque simboliza uma tradição sazonal humana? É pedir muito, não acha?

# PERIGO.2 – O Que Pode Acontecer?

Ao brincar com as decorações, podem engolir algum objeto estranho; principalmente se o seu for um daqueles terroristas que gosta muito de roer. É muito frequente que os gatos brinquem com linhas, fitas ou com os laços dos presentes. Infelizmente também os engolem com frequência e muitas vezes requerem cirurgia para serem removidos. As quedas de árvores também são frequentes e os estilhaços de bolas partidas podem ser fonte de problemas. Isto para além do problema óbvio de alguém poder levar com um pinheiro!

# PERIGO.3 – Brilha, brilha a estrelinha

A piscar e penduradas, as luzes de natal são também um fascínio e se o seu gosta de morder então tenha cuidado! Há que mantê-lo afastado dos fios e das luzes de natal para evitar que faça queimaduras na língua e cavidade oral.

SOLUÇÃO: Pinheiro à Prova de Gato

Escolha um pinheiro artificial em vez de um natural. As agulhas do pinheiro artificial não são tão penetrantes e reduz-se o risco de intoxicação por mastigar folhas de pinheiro. Escolha um pinheiro de tamanho mais pequeno (se cair, o estrago é menor) e com uma base bem sólida para reduzir o risco de queda.

SOLUÇÃO: Decorações

Temos uma panóplia de decorações à nossa escolha por isso temos que ser tutores conscienciosos na hora de as escolher. Menos brilho, materiais difíceis de partir e evitar tudo o que seja em forma de fio são boas escolhas. A evitar os objectos recheados com erva-dos-gatos (existem alguns no mercado) – isso é estar mesmo a pedi-las. Concentrar os enfeites ou decorações com maior potencial de perigo no terço superior da árvore é uma medida previdente.

SOLUÇÃO: Aceitação

Acima de tudo, evite a frustração. Há gatos que simplesmente não conseguem largar a árvore por isso assegure-se que minimizou os perigos e descanse. Aproveite para tirar umas fotografias em família com um par de orelhas bicudas a espreitar entre os ramos do pinheiro. Aproveite para sorrir. Afinal… é Natal!

Autor: Equipa Petable
app_iosapp_google

 

Comments(0)

Leave a Comment