Cuidados a Ter Com o Seu Gato Logo Após a Castração

Home / Cuidados preventivos / Cuidados a Ter Com o Seu Gato Logo Após a Castração

A maioria dos tutores de animais já reconhece a importância da castração dos seus gatos. Torna os seus animais mais saudáveis a longo prazo, controla as populações de animais errantes e melhora comportamentos indesejados. Embora o procedimento em si seja benéfico para o gato, é importante que saiba como cuidar efetivamente dele depois da cirurgia. É prudente saber o que fazer e não fazer para cuidar adequadamente do seu gato recentemente castrado. Aqui estão algumas das coisas que deve saber:

Cuidados na chegada a casa

Depois de trazer o seu gato para casa, ele provavelmente sentirá algum efeito anestésico. Normalmente, os veterinários aplicam uma espécie de pomada protetora nos seus olhos, para garantir que não se secam. A pomada pode fazer com que o gato fique com a visão embaciada durante poucas horas.

O ideal é colocá-lo num local interior escuro, quente e silencioso para se recuperar durante as primeiras vinte e quatro horas. Durante este tempo, é importante manter outros animais de estimação – e mesmo crianças – longe do gato. Mesmo o gato mais afetuoso e doce pode-se tornar agressivo, morder ou arranhar qualquer coisa quando se sente mais frágil e assustado.

pexels-photo-209037
O efeito da anestesia geralmente desaparece completamente em 24 horas. Após esse período, a personalidade do seu gato geralmente volta ao normal. Os veterinários recomendam que permaneço perto do seu gato na primeira noite para observar seus níveis de atividade e monitorizar cuidadosamente a recuperação.

Sobre a água e os alimentos

Uma vez que o leva para casa casa do veterinário, pode dar-lhe água. A quantidade deve ser mínima para evitar o vómito. Ponha uma pequena quantidade de água numa tigela e, em seguida, sirva-lha e observe. Quando seu gato estiver acordado e alerta, pode oferecer um quarto a metade da quantidade normal de alimento que ele costuma ingerir. Se ele vomitar, terá que tirar o resto da comida. Evite oferecer comida novamente até à manhã seguinte.

No dia seguinte à cirurgia, já pode dar ao seu gato porções normais de água e alimentos. Uma vez que os anestésicos podem causar náuseas, é normal que não tenha apetite imediatamente. Mas se o seu amigo felino não estiver a comer e beber normalmente 48 horas após a cirurgia, consulte o seu veterinário imediatamente.

Medicação

Vinte e quatro a 36 horas após a cirurgia, é normal que seu gato experimente algum desconforto e dores em pequena escala. Como tal, os veterinários dão aos animais operados um medicamento para a dor, de longa duração sob a forma de uma injeção após a cirurgia. Nunca dê analgésicos que tenha em casa. Caso não saiba, os especialistas proíbem o uso da maioria dos analgésicos, sobretudo os que contêm acetaminofeno, aspirina ou ibuprofeno. São conhecidos por causar complicações e, em casos graves, até a morte.

Se acha que o seu gato precisa de um medicamento para aliviar a dor, primeiro entre em contato com o seu veterinário. É muito importante que siga as instruções do seu veterinário sobre os medicamentos que ele ou ela prescrever. Muitos tutores cometem erros gravíssimos ao medicar os seus animais para as dores, apesar de serem bem intencionados.

Hábitos de lavagem

Mesmo que ele escolha não comer durante o primeiro dia, ele vai precisar de se aliviar. Por isso, deve colocar uma caixa de areia limpa acessível, para maior conveniência dele. Não é ideal deixar o seu gato andar nem saltar após a cirurgia.

A sujeira ou a poeira da areia de gatos encontram sempre caminho para as incisões e podem provocar infecções. Por este motivo, deve usar papel desfiado em vez de areia durante uns dias após a operação. A outra coisa que precisa de fazer é monitorizar a sua urina para vestígios sangue. Uma pequena quantidade de sangue pode ser evidente nas primeiras 24 horas após a cirurgia. Mas se notar que ainda há sangue no dia seguinte, é melhor ligar ao veterinário.

O anestésico administrado durante a cirurgia pode causar diarreia ou prisão de ventre, que pode durar 24 a 48 horas após a operação. Se notar que seu gato é incapaz de defecar ou urinar normalmente dentro das primeiras 72 horas após a cirurgia, ligue ao seu veterinário.

Níveis de atividade

Um ou dois dias após a cirurgia, o seu gato deve voltar ao seu normal. No entanto, precisa de o manter dentro de casa por sete dias para se certificar de que se recuperou completamente. Deixar o gato ficar dentro da casa também lhe dá a oportunidade de monitorar seu animal de estimação em termos de níveis de atividade e processo de cicatrização.

pexels-photo-65006-2Não permita que ele suba escadas, corra, salte ou brinque de forma mais agitada durante a primeira semana de pós-operação. Deixar os gatos recentemente castrados movimentar-se demais pode atrasar o processo de cicatrização. Mantenha o seu gato o mais confinado que possa (sem lhe restringir completamente a movimentação). Não apressar a recuperação. É muito melhor deixar o gato descansar toda a semana.

 

[Para mais info sobre esterilização de gatinhos, ler a história da gata Miauly Cyrus (Parte 1 e Parte2)

Para lembrar a data da castração e receber lembretes no telemóvel quando for hora da medicação, basta instalar a App:

appstore playstore

Comments(0)

Leave a Comment